€9,00   Papel €3,00   Ebook

Tudo é (medo do) Amor

Sinopse

Encara-se a poesia com medo, porque não se sabe o que vai descobrir. Encara-se o amor com medo, porque não se sabe o que quer descobrir. Mas tudo acontece através da curiosidade que tanto nos tenta. A tal curiosidade que nos faz sempre querer saber um pouco mais, sempre buscar o incomum. O comum existe. O incomum é o que temos que viver. A poesia é o incomum da linguagem. Os olhos lindos são o comum; Incomum é o olhar. Amor é um tesouro que se perde a cada dia. E amar é procurá-lo como se nunca o tivesse encontrado. Por que amor e poesia? Porque contra amores não há argumentos claros. Se o ouro é o que move os homens comuns, o amor nos move porque é fora do normal. Tem medo do amor? Encare-o com medo mesmo. É normal ter medo do amor e da poesia. Não ter medo é que não é normal. É o medo que dá asas para conhecermos o topo do mundo.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.