Sétimo Livro de um Agnóstico
€16,00   Papel

Sétimo Livro de um Agnóstico

Sinopse

Se é verdade que cada ser humano é único e irrepetível e dispõe de liberdade, é seu dever, em função da sua inteligência e cultura, procurar compreender o mundo onde vive e encontrar a sua genuína linguagem idiossincrásica. Por muito que se identifique com esta ou aquela tribo, ideologia ou religião, deve assumir a própria individualidade, e reivindicar o inalienável direito de pensar pela própriacabeça. Não por uma questão de arrogância, orgulho ou originalidade pretensiosa, mas em nome da dignidade e do respeito que a si próprio atribui. Foi partindo destes pressupostos, que o autor deste livro soltou amarras e saiu navegando em busca de uma possívelpátria espiritual. Ainda que o roteiro dessa longa viagem só a ele possa interessar, sentiu que devia partilhá-lo com quem tiver a curiosidade de conhecê-lo. Ao fazê-lo, não faz mais do que enaltecer todos os que contribuíram para que o seu pensamento, certo ou errado, profundo ou superficial, se fosse estruturando e adquirindo os contornos que aqui se expõem. Traduzido em 2500 frases (reflexões, pensamentos, máximas e interrogações), aqui fica, pois, o testemunho de alguém que, com razão ou sem ela, se vê como aprendiz de filósofo e, simultaneamente, como um agnóstico com laivos de ironista.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.