€16,00   Papel

Planeta Nizo -Livro I

Sinopse

“Qual o significado de ser-se humano?”
“Até onde nos leva a ganância?”
“Poderá uma paixão louca cessar uma guerra irracional?”

Nesta história, conhece um futuro desprezível e podre e descobre um passado improvável e maravilhoso.

Sofia, uma brilhante e estagnada arqueóloga relembra, moribunda, a história da cientista Naira Surni, uma mulher da era do metal, perdida em rancores e ambições desmedidas, que desconhece o seu verdadeiro interior. Tendo como seu único amigo um gato negro especial, vive obcecada com construção de uma máquina do tempo ilegal para poder trazer os seus pais de volta à vida.

Mas tudo corre mal... E piora quando, um dia, ela compra um livro mágico tão poderoso que a sua pequena alma não consegue controlar. Surni perde a consciência do seu lado humano, crescendo nela um poder excessivo que leva à extinção do planeta Terra e à mudança do Universo.

No entanto, noutra galáxia, um novo mundo renasce, regido por uma “monarquia democrática” e sussurrado por segredos arrebatadores e paixões incomensuráveis. E enquanto Surni desvenda os mistérios do universo caótico (descobrindo-se a si própria, descobrindo a corrupção doentia de um presidente cobiçoso e a crueldade desmedida de um general sem escrúpulos), os habitantes do planeta Nizo lutam pelo amor e pela esperança a fim de assegurar a estabilidade dos cinco reinos do planeta mágico.

Para além de todas as preocupações quotidianas dos habitantes, um objecto externo faz estremecer a paz instável do pequeno planeta real. Agora Surni tem que se erguer para salvá-lo, a fim de remediar todos os seus erros de ser imperfeito e transformar o caos em esperança.

Sem conhecer a sua ligação a Surni, Sofia questiona-se filosoficamente ao longo da história. Contudo, ela ainda está para descobrir que o planeta dos contos, da sua falecida avó adotiva, é muito mais palpável do que ela imagina.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.