€12,00   Papel €3,00   Ebook

Memorial das Flores

Sinopse

Ela deixou a mala na calçada e sentou-se naquele degrau que parecia um lugar seguro. Precisava de uma pausa para tomar fôlego. Ficar quieta por um momento. Pensar no próximo passo. Mas seus olhos cansados não a deixavam pensar. Rebelaram-se com o fato de continuarem abertos e escolheram uma maldita rachadura na parede para se fixarem. Ela sentiu que talvez eles tivessem razão. Era melhor abandonar-se, descansar, afinal o cansaço, quando chega, toma conta de tudo. Ninguém estava ali para puxá-la para fora do seu letargo. Este é um dos riscos de viajar sozinha: de repente frestas e borrões tornam-se a materialização daquilo que se sente e é preciso olhar para eles, olhar, enquanto o corpo respira. Depois de algum tempo eles continuam a ser simplesmente aquilo que se destinaram a ser desde o início: nenhum símbolo revelador, nenhuma porta secreta, nenhuma resposta, nenhum mapa. Só um alívio por encontrar fora uma imagem quase perfeita daquilo que se tem dentro. É só isso. O hotel ficava logo ali, dava para ver o letreiro.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.