Tiago Moita

Tiago de Vasconcelos e Moita nasceu em Lisboa em Abril de 1975. Começou a dar os primeiros passos na poesia a partir dos quinze anos em São João da Madeira – cidade onde actualmente vive desde os dez anos. Estudou Direito na Universidade Lusíada do Porto, onde publicou um dos muitos poemas e textos em prosa em 1998, no jornal da universidade, do qual foi principal colunista durante três anos e foi membro do E.LS.A (European Law Students Association) entre 1998 e 2001.

 

Desde cedo revelou uma enorme vontade e paixão por escrever, algo que o levou a participar em workshops de declamação poética e cursos de Escrita Criativa, entre 2003 e 2013, bem como a participar em eventos culturais em Portugal e em Espanha. Fez parte de alguns grupos e associações culturais da sua terra entre 2006 e 2010. Publicou alguns dos seus textos em jornais e blogues.

 

É autor de três livros de poesia “Ecos Mudos” (Papiro Editora, Porto, 2006) e “Post Mortem e Outros Uivos” (WorldArtFriends Editora, Porto, 2012) e “Metanoia” (Chiado Editora, Lisboa, 2017) e dois romances “O Último Império” (Chiado Editora, Lisboa, 2012) e “O Evangelho do Alquimista” (Chiado Editora, Lisboa, 2016).

 

            Trabalha actualmente como Formador de Escrita Criativa.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.