Sofia de Azevedo Teixeira

Nascida em 1975 é natural de Argivai, Póvoa de Varzim. Décima filha de um capitão do exército Armindo Torres Teixeira e de Maria Albina M. de Azevedo Teixeira.

Licenciada em Ciências Históricas (ramo Científico e ramo Educacional). Deu aulas de História do 3º Ciclo ao Nível Secundário, em diversas escolas do país.

Tem também formação em Escrita Criativa pelo Instituto Camões.

A paixão pelas palavras, prosa e poesia herdou de seus pais.

Desde cedo, imbuída pelas palavras, dedicou-se à escrita infanto-juvenil, trabalhando como colaboradora da Biblioteca Municipal Rocha Peixoto, na apresentação de peças de teatro, horas de conto e diversas oficinas de escrita, inclusive em locais públicos, como em escolas do concelho e nos auditórios da Póvoa de Varzim e de Vila do Conde.

Em 2008, editou o seu primeiro livro, Os Penedos dos Guizos (CMPV)

Em 2015, editou Terras de Ninguém (Chiado Editora)

Argivai, Viagem pela sua história é assim, o seu terceiro livro, também sobre a chancela da Chiado Editora. Este livro é uma monografia sobre a história da sua freguesia. Mas para a autora é muito mais do que isso, afinal é a terra onde nasceu o seu pai. 

Nesta viagem, percorre-se o passado de Argivai, tendo como base toda a documentação existente, mas também levantando questões sobre as lacunas que ficam, ainda por preencher. Sendo, Argivai  terra mãe da atual cidade concelhia, merece ver o seu passado revelado, sendo este trazido à luz do dia,  agora sob a forma de livro.

O valioso património imaterial, conseguido na pesquisa, foi fruto da recolha de memórias e testemunhos de quem conheceu o passado, na primeira pessoa. O livro resultou de um trabalho histórico exaustivo, tendo desde início, como primordial objetivo, preservar todo um património comum. Desde a historiografia, às vivências, às crenças, às tradições e aos costumes, que sendo esses, em muitos casos, pertença do passado, devem por isso mesmo, ser preservados. Para a autora, o titulo escolhido, pretende demonstrar mais do que uma pesquisa exaustiva, uma inesquecível viagem ao fundo dos tempos.

Tornou-se numa viagem ímpar, na qual a autora calcorreou caminhos, ouviu extraordinários testemunhos, entre olhares saudosos dum passado que não volta, olhou fotografias esmorecidas pelo tempo, compreendeu o singular património material, seguiu caminhos e lugares, destrinçando assim, riquíssimas histórias de vida, dando em cada passo, mais valor a um passado que é de todos.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.