Raimundo Alberto

RAIMUNDO ALBERTO Guedes Fernandes, de ascendência paterna aveiro-flaviense, nasceu em Belém do Pará, Brasil (1944) e mora no Rio de Janeiro, desde 1966.

                Ator, diretor, autor e coordenador de produção teatral, sua mais recente atuação foi em

O MERCADOR DE VENEZA, de W. Shakespeare (Rio, 2013 a 2015). Homenageado especial do V Seminário de Dramaturgia Amazônida, pela Universidade Federal do Pará (Belém, junho de 2014), apresentou na ocasião o livro “AQUARELA AMAZÔNICA – TEATRO – VOLUME I”, Editora Taba, Rio, 1914, que inclui OS MANSOS DA TERRA e MÃE D’ÁGUA, seus mais laureados textos teatrais. Dentre suas mais de trinta peças, várias levadas ao palco, na forma de montagens ou leituras dramatizadas, citam-se O CAMPEONATO DOS POMBOS, prémio e edição do Serviço Nacional de Teatro, 1974; A ÚLTIMA PASTORINHA, prémio MINC/Brasil, 2001; ÁGUAS DE OXALÁ (Seleção Brasil em Cena, CCBB, 2008); e PRÓXIMO ATO, SUSPENSE, publicada em  uma antologia do ICCG / FUNARTE / Editora Teatral, Rio, 2009.

                Bacharel em Literaturas Brasileira e Portuguesa (UFRJ, 1978). Compositor musical (letrista), participou do CD “BONDE FOLIA”, da Orquestra Popular Céu na Terra, Prémio TIM de Música 2008. Atual presidente do Instituto Cultural Chiquinha Gonzaga. Foi diretor da  SBAT- Sociedade Brasileira de Autores e da ALTAAC – Associação Livre de Trabalhadores em Artes Cênicas. Poeta, fez parte da antologia POESIA DO GRÃO-PARÁ, organizada por Olga Savary  (Editora Graphia, Rio, 2001).       

                CHAVES D’AURORA é o seu primeiro romance.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.