Ofélia Cabaço

Ofélia da Oliveira Tavares Lopes Cabaço, natural de S. Miguel Açores, viúva, reformada, vive em Sintra, tem 66 anos de idade.

Gosta de escrevinhar, desde tenra idade que se dedica à leitura e gosta essencialmente de ler filósofos, gosta de jardinar, cozinhar e bordar. A música significa tanto como a sua poesia. Tem preferência especial por Handel.

Escreveu O AROMA DA CRIPTOMÉRIA, FOLHAS AO VENTO, O GATINHO JACINTO, e O MOINHO DE PAPEL.

Aos 12 anos de idade ganhou o primeiro prémio de poesia lírica, nos Jogos Florais de Luís de Camões, era então, aluna na Escola Industrial e Comercial de Ponta Delgada em S. Miguel Açores.

Participou em diversas Antologias.

Ama as crianças o silêncio e abomina a hipocrisia.

O seu espírito inquieto convida-a à solidão.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.