Nuno Silva Caeiro

Todas as formas de arte são biográficas, e a escrita é (talvez) de todas as expressões artísticas, a que mais aspectos biográficos encerra, até porque, para escrever, um escritor recorre e socorre-se das suas próprias experiências pessoais, com as quais cria os seus personagens e a narrativa, onde esses mesmos personagens se inserem. Daí um livro ser já, no meu humilde entendimento, uma biografia.
Esta minha obra, que agora apresento ao mundo e com a qual pretendo realizar uma espécie de catarse, de modo a resolver o melhor que conseguir todas as feridas psíquicas que o abandono, o desprezo, a soberba e a incompreensão, abriram na minha alma, ao mesmo tempo que luto com todas as minhas capacidades para melhorar a minha vida, e fugir a um destino que se vislumbra miserável. Como é possível ao estimado leitor perceber, a história da minha vida, não tem nada de singular, sou apenas mais um desventurado, e de desventurados não reza a história, a menos que tenham feito algo que, de uma maneira ou de outra, mereça figurar nessa mesma história.

Obras do autor publicadas pela Chiado Books:

Electrões De Um Átomo. Poesia, 2017

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.