Mãe dos Setinhos

Mãe dos Setinhos é o pseudónimo que Catarina Fortunato dos Santos Sábado escolheu para os seus labores criativos, seja na poesia, como é o caso deste seu 1º livro, seja na prosa que certamente verá o prelo muito em breve.

E escolheu porquê? Em primeiro lugar porque é mãe extremosa, como qualquer mãe que preza esse maravilhoso estatuto. Depois por se dar a coincidência – quem sabe se de ordem genética – de 4 dos seus 5 filhos terem nascido de 7 meses.

Catarina Fortunato nasceu em Luanda, a 10 de Novembro de 1979 e cresceu no Bairro da Petrangol, num tempo em que os quintais, além das inevetáveis capoeiras, usufruiam da sombra e dos nectáres das mangueiras e dos cajueiros…

Dona Delfina, sua querida mãe, a presenteou com 10 irmãos e seus avós, Filipa e velho Mafulo (Fortunato), são as suas referências e, claro, aquele Deus que, lá do alto, lhe serve de bússula neste mundo.

Vida profissional? Claro que tem, mas não vem agora ao caso… É assim como chinelo que se usa sem pensar muito nisso. Necessidades inevitáveis de quem tem de fazer pela vida…

E que vida!

A que, mal ou bem, mais alegre ou menos triste, a transpira, a inspira e a faz sentir-se viva!

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.