M. Niz

Foi em Sá da Bandeira, Angola, que Paulo Moniz deu o primeiro grito. Dezembro. Um. Mil novecentos e sessenta e cinco. E porque os homens ainda procuram descobrir o bem dentro de si, foi em Lisboa que se licenciou em Línguas e Humanidades, na variante de Português / Inglês, na Faculdade de Letras de Lisboa. Tornou-se professor, apesar de nunca o ter sonhado. Apaixonou-se pela escrita, pela literatura, pela fotografia e pelo teatro. Criou diversas antologias nas escolas onde leccionou e fundou o Grupo de Teatro, hYbris, que se tornou fonte de Vida, de experiências, de ensinamentos e aprendizagens. Participou no elenco de grupos de Teatro. A paixão pela fotografia, em especial, levou-o à frequência do Curso Interativo de Fotografia Digital, organizado pela Escola de Fotografia e Desenho IDEP, de Barcelona. Deambula muito por Lisboa, cidade-poesia e menina.

Ainda quer ser astronauta como todos os meninos. Ama a Vida

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.