M. Hinke

M. Hinke, bacharel em Direito desconhecido, historiador não renomado, funcionário público medíocre e católico pouco praticante, escreveu O Conto do Mendigo como parte de um complexo tratamento psiquiátrico para encontrar a si mesmo. 

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.