Adnan Santos

 Meu nome é Fernanda dos Santos, nasci na Marinha Grande (terra do vidro!) a 7 de Janeiro de 1957, mas há muito que fiz de Viseu o meu espaço exterior. A natural vocação pelas letras produziu em mim, ao longo de uma década de labor maturado, este livro de poemas que aqui vos deixo. O pseudónimo Adnan Santos, com o qual assino os meus poemas, é também a consequência directa desta espécie de outra vida que encarno, e onde se inscrevem, não só os meus escritos, como também a minha pintura. Tornando-se por vezes difícil definir a fronteira precisa onde começa o papel e acaba a tela, ou vice-versa. Onde o poema se enche de cores e revela uma paisagem silenciosa, ou a tela se expande para além dos seus limites pictóricos.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.