Abílio Cardoso Bandeira

Desde de que se lembra que escreve poesia, sem nunca ter ousado publicar. Já escreveu uma peça de teatro: “uma comédia ligeira em 3 actos”, como gosta de dizer. Durante alguns anos publicou crónicas no jornal “O Varzeense”. Sonhava ser arqueólogo ou agente da Policia Judiciária; conseguiu ainda frequentar o curso da PJ, na Escola do Barro, em Loures, mas as disciplinas de direito tramaram-lhe a vida. Ironia do destino, conseguiu entrar para os tribunais. É oficial de justiça há mais de 20 anos.

HÁ HORAS DO DIABO é o seu primeiro romance.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.